Maior evento de moda afrodescendente da cidade chega à 9ª edição

Na passarela, marcas e estilistas nacionais e internacionais

O JK Shopping recebe, no dia 7 de abril, a partir das 17h30, a 9ª Edição do Desfile Beleza Negra. O maior evento de beleza e moda afro da capital tem como carro-chefe profissionais que se empenham em difundir a cultura afro, assim como a inserção e valorização do negro em diversos ambientes do mercado fashion. A organização é uma parceria da Black Fashion Model com Beco da Coruja Produções e Rosa dos Ventos Produções Artísticas. A entrada é franca.

Serão seis marcas e designers apresentando seus trabalhos, entre roupas, acessórios, moda praia, hair stylist e bonecas black: Moulage da Malharia Ipanema, Jóias Naturais por Luiza Almeida, Penteados Africanos com Iannaê, Bonecas de Luiza Carmen, Secrets by Mike e criações do estilista Bruno Vasco.

O projeto nasceu em 2012 a partir da observação da produtora de moda, Dai Schmidt, ao perceber que nas passarelas havia poucos modelos negros. Assim surgiu a ideia de criar um desfile com modelos negros, na Semana da Consciência Negra, em novembro. Em 2018 o evento ganha uma edição especial com a participação de 40 modelos adultos e 10 crianças. “O projeto possui vários objetivos importantes, dentre eles a valorização do negro no cenário artístico, bem como estimular a auto estima, a quebra de preconceitos, destacar a beleza negra e renovar conceitos pré-estabelecidos na sociedade”, explica Dai Schmidt.

 Este é o segundo ano que o evento acontece com o apoio do JK Shopping. Em julho de 2017, durante a edição especial do Desfile Beleza Negra, 24 modelos desfilaram com 35 looks de lojas do centro comercial, reunindo um público de cerca de 1.500 pessoas. “Para nós do JK Shopping é um orgulho receber, pelo segundo ano consecutivo, um evento como esse que tem uma importante contribuição social. Nosso centro comercial, desde sua inauguração teve o propósito de abrir espaço e apoiar a cultura que representa todas as expressões que vem da comunidade”, explica Marcos Atayde, superintendente do shopping.

Uma das novidades para a edição é a estreia do estilista Bruno Vasco nas passarelas. O brasiliense produz moda através de material reciclável. O criador leva à passarela jeans velhos, guarda-chuva, redes, entre outros materiais, que se transformam em peças novas e exclusivas, transformando a ideia da sustentabilidade em peças práticas para o cotidiano.

A marca Afrikanus leva para a passarela peças exclusivas da sua nova coleção de moda praia Ya Mado, com assinatura do camaronês Mike Bryant. Biquinis e acessórios, tais como brincos, colares, turbantes e calçados, fabricados artesanalmente com tecidos importandos de países africanos e desenhos Ya Mado, que significam força e poder. Para o desfile, o grupo Afrovibesbsb, criado por Mike, também irá fazer uma apresentação de dança africana, a afro house.

Outra atração é a designer de cabelos Iannaê, que trará uma variedade de estilos tradicional de tranças africanas, como tranças gahnenses, nagô, tranças boxeadora, box braids, dreds, além de todos os trabalhos feitos com linha. A Malharia Ipanema também, apresentará a sua coleção “Em Caracóis”, com modelagens inspiradas nos cachos e curvas das mulheres negras. A ideia é transmitir, através das formas e cores das peças, a força e autenticidade que mulheres carregam por trás de belos cabelos encaracolados.

Na passarela, Luiza Almeida apresenta ao público a sua coleção de jóias naturais, com peças bordadas à mão utilizando pedras naturais e de vidro lapidado. O bordado é inspirado em padronagens da Rússia, Ucrânia, Itália e Venezuela. Além de referências brasileiras, as peças mesclam também combinações clássicas e contemporâneas e inspirações africanas.

A artesã de bonecas de pano, Luiza Carmem, é outra participante do 9º Desfile Beleza Negra e produziu uma coleção especial para o evento, chamada de “Bonecas Black”, que vem agregar valor ao projeto. A coleção traz bonecas pretas confeccionadas em tecido de malha e enchimento antialérgico, com cabelos de lã e roupas em tecido de algodão estampado.

O Desfile Beleza Negra já apresentou estilistas nacionais e internacionais, como o jovem moçambicano Pinto Música, vencedor do prêmio Estilista Emergente do Mozambique Fahion Award 2014, e a Angolana Siwana Azevedo. O evento teve sua primeira apresentação em 17 de agosto de 2012, na rodoviária do Plano Piloto. Ano passado, ele foi realizado juntamente à programação do projeto Latinidades.

Fonte: Divulgação